Como identificar boas propostas sobre Segurança?

Segurança é direito de todos. Não polarize o debate.

A sensação de insegurança acomete muitas pessoas que moram no Brasil. Não à toa. Estatísticas colocam o país entre os lugares com mais homicídios do mundo. Ocupamos em 2015, tristemente, a nona posição no ranking mundial de homicídios a cada 100 mil habitantes, divulgado em maio de 2017 pela ONU, com 30,5 ocorrências a cada 100 mil moradores. 

E a dor é generalizada. Como lembrou o rapper e ativista MV Bill em nosso debate sobre Segurança Pública, que lotou o auditório do Museu do Amanhã (veja a íntegra do debate no vídeo abaixo), “enquanto não falarmos sério sobre segurança vamos ter muitas mães chorando, e, infelizmente, são mães de todos os lados: é mãe de morador; é mãe de criminoso; é mãe de policial."

Segurança Pública não é assunto exclusivo dos partidos de direita, tampouco dos partidos de esquerda. Segurança é um direito de todos. Portanto, para o bem de todos, o debate sobre Segurança Pública deve ser livre de polarizações "nós contra eles", "bandidos contra mocinhos", "heróis contra vilões". Este ano, teremos eleições e nós, brasileiros e brasileiras, temos uma chance de fazer novas escolhas e de exigir que a segurança pública seja levada a sério.

Você sabe quais são as propostas do seu candidato ou candidata à Presidência e ao Governo Estadual para a Segurança Pública detalhadamente? Se não sabe, pergunte. É seu direito saber para escolher de modo consciente para quem dar o seu voto. 

A seguir, veja 5 dicas da Plataforma 2018: Brasil do Amanhã para que você cheque se as propostas de seu candidato fazem realmente sentido ou se servem apenas para teatro político:

1) As propostas já foram testadas em outros lugares com características semelhantes de tamanho de população, renda e grau de escolaridade? 

2) As propostas incitam o ódio contra algum grupo ou são desenhadas para satisfazer toda a população?

3) As propostas indicam a fonte de financiamento para as ações?

4) As propostas incluem esforços conjuntos para desenvolvimento social e geração de renda, ou focam apenas na repressão?

5) O candidato ou candidata tem a ficha limpa e, mais do que isso, tem conduta ilibada? 

Não acredite em salvadores da pátria. Não precisamos de heróis nem de mitos. Precisamos de gente séria, fazendo um trabalho sério pelo bem comum. Bom voto! 

Verde

Assista nosso debate sobre Segurança Pública

Verde

MV Bill - Brasil do Amanhã