Brasil do Amanhã debateu Gestão Pública

Esquerda
 

Em busca de respostas sobre qual o papel da Gestão Pública Brasileira, a Plataforma Brasil do Amanhã debateu como podemos trabalhar e reformar o Estado brasileiro para que ele possa responder às demandas e necessidades da sua população no dia 16 de abril de 2019, das 18h às 21h, no auditório do Museu do Amanhã.

Com curadoria de Comunitas e co-curadoria do Museu do Amanhã, a mesa de debates foi composta por:

  • Wagner Lenhart, Secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia
  • Leany Lemos, Secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão do Rio Grande do Sul
  • Otto Levy, Secretário de Planejamento de Minas Gerais
  • Francisco Gaetani, EBAPE/FGV
  • Eduardo Gussem, Procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro

A moderação foi da jornalista Leila Sterenberg, da GloboNews.

Na ocasião, foi lançado também o balanço das ações da Plataforma Brasil do Amanhã com o pacote de propostas que surgiram nos debates realizados entre outubro de 2017 e outubro de 2018.

Esquerda
 

Propostas para o Brasil do Amanhã

A Plataforma Brasil do Amanhã realizou uma série de eventos no auditório do Museu do Amanhã entre outubro de 2017 e abril de 2019. Foram debatidos os temas Democracia; Segurança Pública; Água e Saneamento; Ciência, Empreendedorismo e Inovação; Mobilidade Urbana e Cidades Inteligentes; Cultura; Alimentação; Florestas, Energia; Educação e Gestão Pública.

As propostas concretas e alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para a construção de um país mais justo e solidário para as próximas gerações que surgiram destes debates foram reunidas em um livreto, lançado no dia 16 de abril de 2019. 

Propostas para a construção de um Brasil menos desigual e mais sustentável para as próximas gerações.